sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Folhagem


Na grande árvore,
A folhagem adormeceu e parou de crescer,
Tem uma ferida antiga.
Vislumbrei o teu nome no horizonte mais um dia,
Apenas mais um dia
Sofrido mas sereno,
Talvez a primavera lhe traga água à sua sede.
Coração, pára de partir pois não tenho mais remendos
Tenho sede,
Apenas sede
Mas não alcanço a água.



HHoje 2014

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado Sandra, saem de rompante estes meus dizeres, hoje tive urgência de o fazer !
      Beijinho.

      Eliminar
  2. Aproveita o Outono. Ainda falta tanto para a Primavera :)

    ResponderEliminar